8 de julho de 2009

Lendas Urbanas e companhia

Será que os portugueses estão a ficar cada vez mais idiotas? Ou será que perderam a capacidade de questionar o que lhes vai parar à caixa de correio? Alguem usa a imaginação para engendrar uma história ou manipula uma imagem para parecer uma coisa diferente com a simples intenção de provocar uma gargalhada junto dos amigos como aconteceu com o criador dos "Kitten Bonsai" imagem que mostra gatos supostamente criados dentro de frascos, que seriam comercializados por um individuo que os vendia através da internet gerou uma onda de repulsa mundial que fez correr abaixo-assinados subscritos por muitos milhares de internautas...
Esta semana pelo menos três pessoas enviaram-me um texto que informa que um certo tipo de elástico para o cabelo vendido nas lojas dos chineses é feito a partir de preservativos reciclados. O texto diz ainda "...o que fazem os chineses para vender seus produtos ... e nós, mulheres, temos a mania de segurá-los na boca enquanto penteamos o cabelo das nossas filhas, e este tipo de elásticos podem ter sido feitos de preservativos usados por pessoas com HIV/SIDA, ou outro tipo de doenças de índole sexual." Qual o objectivo? Reenviaram porque acharam piada à história ou acreditam mesmo que isso acontece? Acho que há um misto intencional subliminar que envolve atemorização, pânico e xenofobia. Será que acreditam mesmo que os chineses reciclam preservativos? A materia prima de que sao feitos os preservativos é extremamente barata e não justifica a reciclagem. Por outro lado não há recolha selectiva de preservativos usados em nenhuma parte do mundo para que possam ser reciclados.
Certamente também já receberam: "Roubo de orgãos", "Repasteurização do leite", "Exposição o Olho em Serralves", "corrente para salvar criança com tumor", "Golpe dos Nigerianos", "seringas contaminadas com HIV", "fotos inéditas do Airbus", Nokia distribui telemoveis", "champô causa cancro", "código invertido do multibanco chama a policia", etc., etc. A circulação destes disparates fez ocupar na Europa cerca de 43% do espaço usado em comunicações electrónicas de dados via internet e de 75% só no que diz respeito a correio electrónico". zct

1 Comentários:

Anonymous NaT disse...

Acabei de receber essa notícia aqui em Brasil e, sinceiramente, não acreditei. Fiz uma pesquisa e achei teu comentário. Conncordo com você, a maioria das pessoas repassa este tipo de e-mail sem raciocinar nem um instante, senão ficaria claro que se trata de mais uma mentira montada para distrair trouxas e provocar caos nas comunicações.

10/07/09, 16:44  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial