15 de abril de 2009

Bill Maher e a "cobra falante"

A propósito do filme Religulous:
Quem tiver sentido de humor vai rir um pouco certamente, os meninos do coro vão achar o filme desinteressante e os fundamentalistas ou fanaticos obsessivos vão sentir-se ofendidos. Não podemos esquecer que Maher é um comediante "politicamente incorrecto" e o filme pode ser considerado uma comédia irreverente, subtil mas provocadora. Mais centrado no cristianismo e judaísmo (talvez devido à educação que Maher teve) deu algum relevo ao islão e fez uma abordagem ligeira a pequenas seitas como a cientologia e ao mormonismo, esquecendo completamente as religiões africanas e os cultos de grande dimensão como o hinduísmo e o budismo. Ridiculariza a interpretação literal da bíblia que a maioria dos crentes ainda defende e ignora qualquer dimensão espiritual para as religiões. Afinal Maher será apenas mais um racionalista humanista secular agnóstico que considera as religiões irracionais e perigosas. zct

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial