3 de julho de 2008

Orlan, a mutante

Orlan, artista controversa, ganhou notoriedade ao fazer perfomances "extremas". Escreveu o Manifesto "Carnal Art" nos anos 90 acompanhado de 9 cirurgias, transmitidas em directo para varias galerias de arte. O objectivo era moldar o rosto de acordo com os canones de mulher ideal pintada ao longo dos tempos. No final teria o queixo da Venus de Botticelli, um nariz "à la" Jean-Léon Gérôme, uns lábios de François Boucher, os olhos de Diana da Escola de Fontainebleu e a testa de Mona Lisa. Na morte como na vida Orlan pretende ser preservada com resina epoxy ou mumificada e incorporada numa instalação video interactiva. zct

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial